- 86791 Visitas
ANFAPE
       
Home
---------------------------------------
Andamento da causa
---------------------------------------
Sala de Imprensa
---------------------------------------
Noticias
---------------------------------------
Recebe nossa Newsletter
  Nome:
 
  E-mail:
 
 
Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças tem como a missão incentivar o debate sobre a atuação das montadoras frente ao mercado de reposição gerando conhecimento e envolvimento de todos do segmento para a criação de propostas referencial nacional e internacional, tanto para os fabricantes como os distribuidores do mercado de reposição.
 
5 Dicas para economizar no conserto do carro
Realizar a manutenção do veículo costuma ser um processo custoso. E, muitas vezes, é um valor à parte do orçamento, já que grande parte dos reparos surgem em necessidades pontuais. Mas, fazendo as escolhas certas é possível alcançar o melhor custo x benefício e economizar de forma inteligente. Aí vão dicas imprescindíveis da ANFAPE - Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças - diretamente para o consumidor: 1 – Dê preferência às oficinas mecânicas. Você certamente já deve ter passado pela experiência de fazer uma manutenção em uma concessionária e ser surpreendido por um orçamento fora do mundo real. E se ainda não passou, deve conhecer alguém que narrou a situação. Pois é, definitivamente, a concessionária não é a melhor opção na hora do conserto, ainda mais quando o assunto é economia. Isso porque elas são obrigadas a utilizar as peças de reposição das montadoras, que cobram valores exorbitantes nos itens de reparação. Por isso, nas oficinas mecânicas você tem mais chance de alcançar um bom custo x benefício, já que esses locais podem considerar as peças similares para o conserto. 2 - Conte com um mecânico de confiança Lembre-se que o mecânico está para o carro como um médico para o paciente. Se você já conhece um bom profissional siga as suas orientações. Caso contrário, peça indicações a amigos e conhecidos. O melhor ponto de partida é perguntar as pessoas de sua confiança onde elas deixam seus automóveis quando precisam de manutenção. Mas, seja perspicaz, selecione três indicações e peça uma comparação de preços. E não se esqueça de solicitar orçamentos distintos para as suas necessidades. Um bom orçamento deve conter informações detalhadas e bem objetivas. 3 - Escolha a autopeça em lojas adequadas A melhor opção é sempre a peça similar comercializada nos varejos de autopeças. Existe uma ampla gama de itens disponíveis, principalmente se precisar trocar uma peça fruto de colisão. A economia pode chegar a 50% do valor cobrado na concessionária. Mas, fique atento: as peças similares são oferecidas pelas fabricantes independentes, possuem procedência de qualidade e marca própria. Elas não são encontradas em desmanches ilegais. 4 - Faça uma investigação online Busque sempre o máximo de informações possível. E a melhor forma é pesquisar na internet. Isso vale tanto para a peça escolhida quanto para a oficina e até para o reparador. Se for comum haver problemas em um dos casos, não será difícil encontrar reclamações espalhadas no universo online. A ausência de queixas é um fator positivo e pode representar uma segurança em suas escolhas. Afinal, ninguém quer perder dinheiro e ter que refazer um serviço mal executado. 5 - Faça a manutenção consciente Sabe quando você vai comprar um sapato e sempre te oferecem uma meia? Daí, muitas vezes, você não precisa da meia, mas acaba comprando porque pode ser uma opção atrativa. Esqueça esse comportamento se o assunto é economizar na manutenção do veículo. Lembre-se que tratam-se de itens com um alto valor agregado. Por isso, mantenha o foco no essencial e crie uma lista de prioridades de manutenção para os próximos meses. Assim seu veículo fica sempre em bom estado e seu bolso também!
<< Voltar
  ©2009 - Anfape