- 86791 Visitas
ANFAPE
       
Home
---------------------------------------
Andamento da causa
---------------------------------------
Sala de Imprensa
---------------------------------------
Noticias
---------------------------------------
Recebe nossa Newsletter
  Nome:
 
  E-mail:
 
 
Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças tem como a missão incentivar o debate sobre a atuação das montadoras frente ao mercado de reposição gerando conhecimento e envolvimento de todos do segmento para a criação de propostas referencial nacional e internacional, tanto para os fabricantes como os distribuidores do mercado de reposição.
 
Consumidores devem se atentar aos perigos de um mercado monopolizado

Anfape alerta para a situação crítica, caso as montadoras conquistem o domínio sobre a fabricação de peças de reposição de automóveis

 

O desabastecimento continua alarmante e afetando diretamente os consumidores. A cada dia são notificadas novas situações gravíssimas de pessoas que aguardam há mais de um mês por um carro na oficina, ou concessionária, pela falta de autopeças. A crise, sem precedentes, só não é pior graças à atuação das fabricantes independentes.

Mesmo assim, as montadoras Fiat, Ford e Volkswagen querem acabar com a concorrência no mercado e com a liberdade de escolha dos consumidores, tentando impedi-los de terem alternativas no momento de repor uma peça avariada, inviabilizando a produção e comercialização das similares. Visam eliminar a concorrência no setor de reposição de autopeças visuais dos veículos, como para-choques, retrovisores, lanternas e capôs, que compõem o segmento de colisão.

O problema do desabastecimento será agravado se toda a cadeia de produção e comercialização de peças similares for eliminada por estas montadoras, o que acabará afetando não apenas as fabricantes, mas também o mecânico de confiança do consumidor”, diz Roberto Monteiro, diretor executivo da Anfape – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças.

Nesta situação, os consumidores terão, inevitavelmente, que recorrer às concessionárias e é fato que os valores das autopeças devem crescer substancialmente, pois não haverá concorrência e balizadores de preços. A dificuldade também afetará as seguradoras, no caso do mercado de reposição com peças similares ser completamente eliminado para veículos Ford, Volks e Fiat, o que certamente aumentaria o custo dos seguros destes automóveis.

De acordo Monteiro, em diversos países como Itália, Hungria, Irlanda, Polônia, Espanha e Inglaterra a questão sobre o direito de design das peças de reposição encontra-se solucionada, a favor das fabricantes independentes e, consequentemente, dos direitos dos consumidores. “Aqui a batalha tem sido árida. Esperamos que o Brasil se junte a esses países na vanguarda do setor automotivo”, afirma.

            Sobre a Anfape – www.anfape.org.br

A Anfape – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças surgiu com o intuito de representar e fortalecer o setor de reposição independente de autopeças no Brasil. Desde a sua constituição, em 2007, a entidade vem batalhando para reverter uma ação de grandes montadoras de automóveis. Essas estão registrando os componentes visuais de seus veículos (capôs, para-lamas, para-choques, faróis, retrovisores etc.) como desenhos industriais com o propósito de inibir a atuação dos independentes no segmento de reposição, o que se dá por meio da proibição da produção e da comercialização das peças.

No início de 2007, a Anfape apresentou uma representação junto ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência) denunciando a conduta das montadoras Fiat, Ford e Volkswagen. Tal iniciativa teve como objetivo buscar a garantia do direito das empresas do mercado independente de autopeças de produzirem e comercializarem itens visuais dos veículos. A Associação considera que as montadoras estão utilizando seus registros de desenhos industriais das peças automotivas de forma abusiva, o que configura uma conduta infringente à ordem econômica brasileira. O problema é tão grave que o CADE determinou a abertura de investigação contra Fiat, Ford e Volkswagen.

 

Acompanhe a Anfape nas redes sociais:


<< Voltar
  ©2009 - Anfape